Processo: 2865

Resultado: Cancelado

Nº de Caixa: 69

Situação: Arquivado

Início: 30/09/1953

Fim: 07/10/1953



Descrição:

Octávio Fernandes, casado, e Adão Pereira, viúvo, ambos brasileiros e operários, apresentaram reclamação contra a firma Cel. Pedro-Osório S.A.. Os reclamantes alegam que são funcionários da “Charqueada São Gonçalo”, de propriedade da firma “Cel. Pedro-Osório S.A., Comercial, Industrial e Agrícola”, há muitos anos, fazendo serviços gerais e ganhando o salário de CR$ 22,00, por dia. Que em abril de 1953 foram admitidos para trabalhar na firma reclamada, desempenhando as mesmas funções que os operários Ramão Souza e Ilú Souza que ganhavam, cada um, o salário de CR$ 30,00, por dia. Mediante o exposto, pleitearam que os seus salários fossem equiparados aos dos operários citados, e que recebessem, ainda, as diferenças salariais desde a data em que foram admitidos até aquele momento . Como resultado, não tendo comparecido os reclamantes para o julgamento, foi pelo sr.Juiz-Presidente, mandado arquivar a reclamação. As custas, no total de CR$ 47,50 seriam pagas pelos reclamantes, sobre o valor de CR$ 500,00, sendo-lhes, porém, concedido o benefício de justiça gratuita por ganhar menos do dobro do mínimo legal.



Tipo de Ação: Plúrima

Juiz: Dr. Mozart Victor Russomano

Vara: 1

Tipo de Demandante: Empregado



Este processo não possui referência para uma pessoa
Voltar para Lista de Processos