Processo: 2845

Resultado: Procedente

Nº de Caixa: 68

Situação: Arquivado

Início: 26/01/1953

Fim: 20/02/1953



Descrição:

João Pedro Moreles de Vasconcelos, menor assistido por sua mãe, apresentou reclamação contra Ernesto Hadler. O reclamante alega que trabalha para o reclamado desde 1.946, ganhando o salário de CR$ 350,00. Mediante o exposto, pleiteou a diferença de salário a que tinha direito, que totalizaria o valor de CR$ 3.000,00. Em defesa, o reclamado alega que o reclamante foi admitido em 1º de agosto de 1.951, conforme constava na documentação exibida e como constava na carteira de menor do reclamante. Foi admitido como aprendiz, fazendo aprendizagem no próprio estabelecimento e como tal continuava, visto que a função de correeiro era complexa. como resultado, a Junta de Conciliação e Julgamento de Pelotas, por unanimidade de votos, julgou procedente a presente reclamação, condenando a reclamada: a pagar diferenças de salário mínimo, calculadas a partir de 25 de fevereiro de 1.952 e até 31 de janeiro de 1.953, no valor de CR$ 3.340,00; a pagar ao reclamante, a partir de 1° de fevereiro corrente, o salário mensal de CR$ 650,00 e, ainda, pagar as custas do processo, no valor de CR$ 327,50.



Tipo de Ação: Individual

Juiz: Dr. Mozart Victor Russomano

Vara: 1

Tipo de Demandante: Empregado



Este processo esta no nome de: João Pedro Morales de Vasconcelos
Voltar para Lista de Processos