Processo: 2846

Resultado: Acordo

Nº de Caixa: 68

Situação: Arquivado

Início: 27/01/1953

Fim: 20/03/1953



Descrição:

Herança de Guilherme Tomsen, representada pela inventariante Augustina Tomsen, doméstica, viúva, apresentou reclamação contra Hugo Reguly. A reclamante alega que Guilherme Tomsen trabalhou, como servente, no Cemitério Alemão, de 15 de maio de 1951 até 1° de dezembro de 1.952. Que recebia o salário de CR$ 1.500,00 mensais e moradia. Que trabalhava, normalmente, mais de oito horas diárias, inclusive domingos e feriados. Que foi despedido sem justa causa e sem aviso prévio. Mediante o exposto, pleiteava o pagamento do aviso prévio, indenização, férias, folgas e horas extras; que totalizaria o valor de CR$ 6.000,00. Em defesa, o reclamado alega que não era o empregador do esposo da inventariante. Apenas, chamado pela justiça, conversou com o grupo de senhoras encarregadas de zelar pelo cemitério, sendo por elas autorizado a tratar do assunto. O falecido empregado, admitido pelas referidas senhoras, não foi despedido, afastando-se voluntariamente, sendo que ele bebia muito e frequentemente, tendo duas ou três vezes arrombado o portão do cemitério. Como resultado, proposta a conciliação foi ela aceita nas seguintes bases: o reclamado pagaria a reclamante o valor de CR$ 1.500,00, relativo ao valor total da reclamação, dando a reclamante pela, geral e irrevogável quitação quanto a reclamação.



Tipo de Ação: Individual

Juiz: Dr. Mozart Victor Russomano

Vara: 1

Tipo de Demandante: Empregador



Este processo esta no nome de: Augustina Tomsem
Voltar para Lista de Processos