Processo: 3021

Resultado: Cancelado

Nº de Caixa: 72

Situação: Arquivado

Início: 22/02/1954

Fim: 04/03/1954



Descrição:

Arlinda Cardoso Dias, brasileira, viúva, apresentou reclamação contra Grande Hotel. A reclamante alega que trabalhava no hotel desde 1 de junho de 1950. Que em 16 de dezembro do ano anterior, por ter sido grosseiramente ofendida, deu o aviso prévio, mas, face à gravidade da falta patronal, não se animou a prosseguir no trabalho. Que seu horário de serviço era das 8 horas às 14 horas e das 16 horas às 21 horas, fazendo assim 11 horas de serviço por dia, sem receber as horas extras. Que os patrões ainda lhe ficaram a dever 11 dias dos 23 dias de férias que estava gozando quando foi chamada para atender serviço urgente no hotel. Mediante o exposto, pleiteou a indenização, no valor de CR$ 2.600,00. Os 11 dias restantes de férias, no valor de CR$ 238,70 e mais as horas extras, no valor de CR$ 6.097,50. Como resultado, não tendo comparecido a reclamante no dia do julgamento, a reclamação foi arquivada.



Tipo de Ação: Individual

Juiz: Dr. Mozart Victor Russomano

Vara: 1

Tipo de Demandante: Empregado



Este processo não possui referência para uma pessoa
Voltar para Lista de Processos