Processo: 3090

Resultado: Acordo

Nº de Caixa: 74

Situação: Arquivado

Início: 20/01/1954

Fim: 04/02/1954



Descrição:

Genuína Roda dos Santos, cozinheira, viúva, brasileira, apresentou reclamação contra Elpides C. Silva. A reclamante alega que foi admitida pelo reclamado em 1 de novembro de 1952, ganhando o salário de CR$ 650,00 mensais. Que não gozava folgas, trabalhando aos domingos e feriados. Que no dia 13 do corrente adoeceu, conforme prova com atestado médico. Que dia 18 do corrente, o empregador compareceu em sua residência, levando a sua carteira profissional, tendo nessa ocasião feito a sua revelia, anotações na mesma, de que retirava-se espontaneamente do trabalho, paga de todos os seus salários. Que tal fato não era verdadeiro, pois a reclamante não solicitou sua demissão e nem mesmo foi paga daquilo que lhe era devido. Mediante o exposto, pleiteou o pagamento do aviso prévio, período de férias e repouso remunerado a que tinha direito, totalizando CR$ 3.187,90. Em defesa, o reclamado alega que a reclamante não tinha direito ao que pedia pois não foi despedida, que tendo a reclamante deixado o serviço por doença, o reclamado foi a sua residência e lhe perguntou de ia voltar ao serviço, ao que a reclamante respondeu que para a cozinha não voltaria, tendo, então, o reclamado combinado que pagaria seu tratamento, ficando a mesma desligada do serviço, que posteriormente e sem o conhecimento do reclamado, a reclamante apresentou a presente reclamação. Que quanto às férias, a reclamante recebeu um período, porém essa não consta na carteira profissional. Como resultado, proposta conciliação foi ela aceita nas seguintes bases: o reclamado pagaria a reclamante a quantia de CR$ 1.600,00.



Tipo de Ação: Individual

Juiz: Mário Miranda Vasconcellos

Vara: 1

Tipo de Demandante: Empregado



Este processo não possui referência para uma pessoa
Voltar para Lista de Processos